segunda-feira, 5 de maio de 2014

Book 2 Movie: As Vantagens de Ser Invisível


 


A primeira impressão que tive ao pegar o livro As Vantagens de Ser Invisível foi de que eu iria gostar muito da obra e seria uma das minhas melhores leituras de 2014, devido ao tanto de boas referências que me fizeram sobre a mesma. 

Conhecemos Charlie, um adolescente que está na fase de transição do ensino fundamental para o ensino médio e escreve cartas a um "amigo" desconhecido relatando o seu dia-a-dia. Ele não tem nenhum amigo com quem partilhar os seus sonhos e frustrações, já que seu melhor amigo cometeu suicídio, sua irmã mais velha é ocupada demais com os dramas com o namorado e seus pais, apesar de serem muito presentes, continuam sendo apenas seus pais.

Charlie, apesar de se sentir deslocado, sabe sobre detalhes da vida das pessoas que estão ao seu redor sem ao menos precisar se esforçar para descobrir. É como se ele tivesse um imã para segredos. E melhor, ele realmente os guarda sem que ninguém saiba.

A vida dele começa a mudar ao conhecer Sam e Patrick durante mais um jogo de futebol do time da escola. Os dois não são propriamente os garotos mais populares do colégio, mas são autêntico, descolados e irão mostrar ao novo amigo algumas lições sobre amizade. A partir disso, Charlie abandona aos poucos a zona de conforto, ou a bolha em que ele vive, e encara experiências da vida de um adolescente comum, como primeiro beijo, viagens de carro e até mesmo bailes de formatura. Ele começa a se sentir infinito.

Confesso que não me empolguei muito com a leitura após as cinquenta primeiras páginas. Charlie pode se tornar um narrador muito cansativo e detalhista ao extremo. Se tivesse escrito essa resenha nesse ponto da obra, sugeriria que o título do livro fosse trocado para "As Vantagens de não se ter Personalidade", porque muitas das vezes o protagonista age por influência dos amigos. Mas no final, percebemos que a obra é bem amarrada e todos os traumas que ele sofreu na infância refletem em sua personalidade. Destaque no livro para a cena em que Charlie compra briga para defender Patrick dos valentões. Naquele momento eu percebi que ele tinha personalidade sim, só estava escondida em meio a tantos traumas e inseguranças.

Sobre o filme, eu simplesmente A-MEI! Cada minuto prendeu a minha atenção na frente do computador e não consigo encontrar nenhum defeito, que sempre existe nesse tipo de adaptação. Os personagens foram muito bem interpretados por elenco selecionado a dedo, diga-se de passagem: Emma Watson, Logan Lerman, Ezra Miller e vários rostinhos que os amantes de seriados devem estar acostumados a ver nas telinhas, como Nina Dobrev, Kate Walsh, Dylan McDermott e outros. Eles corresponderam a cada expectativa que depositei na adaptação cinematográfica.

Fiquei muito satisfeita com essa escolha de livro/filme para o desafio Book 2 Movie, me senti completamente infinita com ambos. Recomendadíssimos! *-*

Beijinhos <3




Dados do Livro

Título Original: The Perks of Being a Wallflower
Título no Brasil: As Vantagens de Ser Invisível
Autor: Stephen Chbosky
Tradução por: Ryta Vinagre
Páginas: 224
Editora: Rocco
Ano de publicação: 2012



P.s. Resenha dedicada à minha "filha" Gyovanna, que me emprestou o livro e teve a paciência de esperá-lo por 2 meses. 

4 comentários:

  1. Awn <3 a resenha ficou ótima, mãe! Sinta-se a vontade para pegar quantos livros quiser em minha humilde coleção :3

    ResponderExcluir
  2. Ficou linda sua resenha, vou fazer uma e postar no meu blog também
    Estou seguindo, retribui ?
    Beijos !!
    http://adventure-of-two-girls.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, muito obrigada! ^^
      Já estou te seguindo de volta. (:

      Excluir