sexta-feira, 18 de julho de 2014

Book 2 Movie: A Culpa é das Estrelas



Depois de um longo recesso no blog, que não é justificável, aqui estou novamente com mais uma resenha Book 2 Movie. Parte do atraso da postagem se deve ao fato de que terminei de ler o livro A Culpa é das Estrelas semanas antes da estreia do filme homônimo nos cinemas e depois só tive a oportunidade de assisti-lo final de semana passado, porque moro numa cidade que não tem cinema (sim, a minha vida interiorana é muito difícil, rs).

O livro é centrado na vida de Hazel Grace Lancaster, uma adolescente que não é como todas as outras, uma vez que ela convive com um câncer terminal na tireoide, diagnosticado aos 13 anos. Seus pais tentam agir como pais normais, mas acabam forçando a barra para que sua filha aproveite a vida e não fique confinada em casa apenas assistindo programas de televisão. Os médicos dela também a aconselham a sair e recomendam um grupo de apoio a jovens com câncer. É nesse cenário que ela encontra Augustus Waters - ou Gus.

Augustus é um jovem muito atraente, despojado e que também sofreu com um diagnóstico de câncer precoce. Porém, ao contrário de Hazel, Gus já está sem indícios do câncer e apenas acompanha seu amigo Isaac no Grupo de Apoio. Hazel percebe que Gus a olha bastante durante a reunião e é a partir daí que o nosso romance começa.

Confesso que achei muito rápido a forma como eles se aproximaram. Na minha cabeça só vinham pensamentos de que esse era uma espécie de Crepúsculo, que os vampiros eram substituídos por câncer. Mas algumas peculiaridades de Hazel e Gus me provaram quem não. E o melhor: desde o momento em que peguei o livro já deduzia um final para ele, mas acabei sendo surpreendida. Além do que John Green soube escrever alguns diálogos bem engraçados, que às vezes nos fazem esquecer de que o livro gira em torno de jovens com câncer.

E chega de detalhes sobre o enredo, porque esse livro é daqueles que perdem totalmente o sentido quando você fica sabendo de um spoiler.

Durante meses eu via diversas postagem sobre o livro, sobre o quanto era lindo e como tinha um enredo comovente. Confesso que ainda demorei mais de ano para finalmente tomar a iniciativa de ler. O que mais me motivou foi a proximidade do lançamento cinematográfico e a oportunidade de inclui-lo no meu desafio Book 2 Movie.


A Culpa é das Estrelas não se tornou uma de minhas leituras favoritas, mas é um livro fácil de se ler, bem clean e acaba te envolvendo, mesmo que seja por influência de tantas pessoas que derramam elogios pelas redes sociais. Fiquei emocionada com ele também, então acho que caí nessa enorme rede de fãs do livro.

Como fiquei muito ansiosa para ver o filme, posso dizer que gostei muito da adaptação. Os atores encaixaram perfeitamente nos papéis, tiveram uma excelente interpretação, o cenário foi muito bem montado e é uma adaptação quase que perfeita, muito fiel aos acontecimentos do livro. Apenas um detalhe ou outro foram cortados, mas quase que irrelevante para o entendimento da história. Para quem não se importa de assistir ao filme sem ler o livro, não perde muitas informações descritas por John Green. Chorei em pelo menos umas quatro cenas do filme, mas fiquei menos envergonhada ao ver que várias pessoas saíram fungando do cinema.

Espero que tenham gostado dessa resenha e se sintam instigados a lerem o livro ou assistirem ao filme. Prometo que volto em breve com outra resenha. E sugestões de livros e suas respectivas adaptações serão bem-vindas nos comentários, okay?

Beijinhos! <3





Dados do Livro

Título Original: The Fault In Our Stars
Título no Brasil: A Culpa é das Estrelas
Autor: John Green
Tradução por: Renata Pettergill
Páginas: 283
Editora: Intrínseca
Ano de publicação: 2012

4 comentários:

  1. Eu gostei muito do filme e do livro, e passei pela mesma coisa que você! Resisti muito pra ler, e no final foi um dos meus livros preferidos. É muito legal como o John Green tira o foco do fato de eles terem câncer, e nos leva a focar no romance em si!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, eu pensei que esse seria um livro sobre câncer e me surpreendi. Acho que foi até legal ter esperado mais para ler o livro, mesmo com o agravante de spoilers na net - o que me irrita muito. Mas foi uma boa experiência. ^^

      Excluir
  2. Estou louca para ver o filme, mas assim como você também tenho uma vida interiorana rsrs, os inúmeros diálogos engraçados são os "quebra gelos" do livro, não sei você, mas ao ler o sempre sinto uma pequena falta :s :p.
    Obs.:Amei o post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, muito obrigada! *-*
      Foi um custo assistir ao filme, porque eu nunca ia para Goiânia e ficava desesperada pensando que iria sair de cartaz. Aí, num final de semana nas férias, coloquei o namorado no carro e fomos parar na capital. rs
      Já tem o filme em boa qualidade para baixar. Fiz o download hoje para uma colega e achei ótimo. http://www.filmestorrent.org/a-culpa-e-das-estrelas/

      Excluir