quinta-feira, 21 de maio de 2015

21 de Maio, dia do profissional de Letras


Pode não ser do conhecimento de muitas pessoas, mas hoje, dia 21 de Maio, é o dia do profissional de Letras. Como amanhã é o dia em que eu oficialmente me tornarei uma profissional nessa área, assim que pegar o meu diploma, resolvi compartilhar com vocês as minhas melhores experiências no curso de Letras com habilitação em Português/Inglês.

Eventos organizados pelos estudantes

Minha primeira experiência com o curso foi no EREL (Encontro Regional dos Estudantes de Letras), em 2009 na UnB. Na ocasião eu ainda não era acadêmica do curso, foi um ano antes de ingressar na faculdade. Fui convidada pela minha amiga Natália e adorei a experiência, primeiramente pelo momento de encontrar tantos estudantes de cidades e universidades diferentes e, segundo, porque o evento é todo organizado por acadêmicos, desde as palestras até as festas, então tem um ambiente menos formal do que os congressos organizados pela equipe docente. Acho que participar de EREL, EGEL (Encontro Goiano) foi, sem dúvida, a melhor experiência que tive ao longo do curso.

Centro de Idiomas

Uma das características dos cursos de Letras com habilitação em Língua Estrangeira são os centros de idiomas, no qual muitas aulas são ministradas pelos acadêmicos do curso. Fui monitora durante um ano e meio, ministrando aula em três turmas. Sou apaixonada por língua inglesa e poder planejar aula para uma turma no qual o principal foco é o aprendizado de uma segunda língua é muito empolgante. Participávamos ao mesmo tempo de um projeto de extensão para preparação de monitores para o centro, onde elaborávamos os conteúdos e materiais para as aulas.

Iniciação Científica

Participar de um projeto de iniciação científica é um trabalho muito árduo, requer muita pesquisa, muito tempo dedicado aos livros e produção de artigos e relatórios. Porém o trabalho final é muito gratificante, principalmente quando você apresenta o seu artigo numa seminário de pesquisa. No meu caso eu participei de dois seminários, um para mostrar o início da minha pesquisa e outro com as considerações finais. O título do meu trabalho foi "O Espaço Discursivo e A Constituição do Sujeito Alice", realizado na área da Análise do Discurso e o objeto de estudo foi a obra Alice no País das Maravilhas, de Carroll.

Claro que ao longo da jornada numa universidade existem os momentos tensos, as noites sem dormir para estudar ou entregar um trabalho extenso, mas o importante saber aproveitar também os bons momentos que o curso pode trazer no seu dia a dia. Alguns dos meus amigos mais próximos são frutos dos anos em que estive no curso.

Então parabéns a todos os meus amigos, colegas e mestres do curso de Letras. Que a vida traga boas leituras e bastante ânimo para as produções que estão por vir. 

Beijinhos! <3 

Nenhum comentário:

Postar um comentário