segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Blog Day: nome e futuro do blog



Não sei se é do conhecimento de todos, mas hoje, dia 31 de Agosto, é o dia internacional do blog - ou Blog Day. Então, nada melhor do que aproveitar esta data para abordar dois tópicos sobre o Alguns Discursos: o nome do blog e o futuro do mesmo.

Quando criei o blog, ano passado, estava no último ano da faculdade e muito envolvida com o meu TCC. Para quem não sabe, sou formada em Letras e meu artigo de conclusão de curso foi no campo da Linguística, com base na Análise do Discurso (AD) de linha francesa. Como a AD é uma prática comunicativa e o objetivo do blog era compartilhar um pouco do meu mundo com vocês, decidi que iria abordar alguns discursos e essa foi a origem do nome do blog.

Sei que não tenho postado com uma certa regularidade, mas a partir de Setembro as coisas vão melhorar por aqui. Postarei duas ou três vezes por semana e penso em criar um canal no Youtube, para falar mais sobre livros e chaveiros, sem deixar de fazer as postagens escritas aqui. Vou começar uma pós-graduação e disciplina especial de mestrado, então quero dividir tudo com vocês. O layout vai mudar também e alguns sorteios irão rolar até o final do ano. 

A minha agenda tá meio apertada nesse segundo semestre, mas com um pouquinho de organização tudo ocorrerá como planejado. Aguardem!

Beijinhos! <3

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Book 2 Movie: Se Eu Ficar


Mais uma resenha Book 2 Movie aqui no blog, dessa vez sobre um livro que eu conheci por meio do trailer de sua adaptação cinematográfica, Se Eu Ficar, de Gayle Forman. Toda vez que eu ia assistir algum trailer no Youtube, principalmente na época do lançamento de A Culpa é das Estrelas, o trailer deste filme ficava "dançando" na minha frente e despertando bastante a minha curiosidade em relação ao livro. Já adianto que não vai ser muito fácil fazer essa resenha sem deixar escapar um SPOILER ou outro. Então, se você não suporta saber o que vai acontecer antes de ler o livro (ou assistir o filme), me perdoe.


Mia Hall é uma adolescente um pouco diferente de todas as outras garotas de seu colégio e bastante diferente de seus pais e de seu irmão mais novo, Teddy. Suas maiores preocupações são os treinos com o violoncelo, os shows da Shooting Star - banda de rock na qual o seu namorado, Adam, é vocalista -, e a enorme sensação de ter sido adotada por seus pais, que também são amantes do bom e velho Rock 'N Roll, enquanto ela é uma garota das músicas clássicas. Porém, num dia incomum, em que a cidade está completamente encoberta pela neve, a família de Mia resolve fazer um passeio de carro, e a partir daí todas as preocupações da garota deixam de fazer sentido.


De um instante para o outro, Mia passa a acompanhar o desenrolar de sua vida enquanto está inconsciente no leito de um hospital. Sabe aqueles enredos em que o personagem principal está em coma, mas consegue transitar em espírito em torno de seu corpo? Então, Mia está entre a vida e a morte, porém consegue acompanhar tudo o que se passa a sua volta, desde o momento em que os paramédicos retiram o seu corpo do local do acidente, até quando o seu namorado aparece no hospital desesperado por notícias.


É durante esse período que vamos conhecer mais detalhes sobre a vida de Mia, como a relação dela com seus avós, os planos projetados para o futuro de sua carreira como violoncelista e todo desenrolar de seu namoro com Adam. Vemos a forte amizade da protagonista com a sua melhor amiga Kim e muitos fatos relevantes, nos quais Mia precisa se agarrar se quiser continuar viva.
 

O livro aborda questões sobre laços familiares, escolhas na adolescência e como o destino pode ser imprevisível, desconstruindo tudo o que as pessoas planejaram para suas vidas em questão de segundos. A carga emocional das cenas é muito forte, principalmente para o público que já esteve em situações semelhantes as que Mia enfrenta. 


Sobre a adaptação cinematográfica, muito do enredo original permaneceu intacto. Apesar de que, para os leitores que se apegam ao conteúdo do livro fielmente como eu, algumas características de personagens foram modificadas, como a descrição de Kim, que é uma personagem muito marcante na obra, ou até mesmo o nome da banda de Adam. Fora esses detalhes, o filme conseguiu ser bastante fiel ao livro. 


Livro/filme muito recomendado para os emotivos de plantão. Há uma continuação da obra literária, o livro Para Onde Ela Foi, que já comprei mas ainda não iniciei a leitura. E você, já leu a obra de Gayle Forman ou assistiu a sua adaptação? Quais foram as suas impressões sobre essa trama? Espero que tenham gostado da resenha e que desperte o interesse de vocês pela leitura deste livro. Até o próximo B2M!

Beijinhos! <3







Dados do Livro

Título Original: If I Stay
Título no Brasil: Se Eu Ficar
Autor: Gayle Forman
Tradução por: Amanda Moura
Páginas: 224
Editora: Novo Conceito
Ano: 2014, 3ª Edição


Onde comprar: Saraiva - Submarino - Americanas - Fnac - Extra - Ponto Frio - Amazon